estudamos´t, o jornal online da Escola Secundária Miguel Torga !

Vem conhecer o jornal da tua escola.
 
InícioInício  FAQFAQ  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Compartilhe | 
 

 Saúde - Amigdalite, quando a garganta sofre…

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Admin_mamen
Admin


Mensagens: 33
Data de inscrição: 30/09/2008
Idade: 23
Localização: Por ae

MensagemAssunto: Saúde - Amigdalite, quando a garganta sofre…   Qui Nov 27, 2008 1:42 pm

Amigdalite, quando a garganta sofre…


O que são as amígdalas e para que servem?
As amígdalas são massas de tecido esponjoso localizadas na parte de trás da garganta, perto da entrada das vias respiratórias, nos dois lados da garganta.
Elas servem como filtros, ajudando a prevenir que infecções da garganta, boca e outras estruturas da cabeça. Elas também são responsáveis pela produção de anticorpos, que ajudam a combater as infecções na garganta e no nariz.


E amigdalite o que é?

Uma amigdalite, também conhecida vulgarmente por "anginas" é uma infecção das amígdalas que pode ser provocada por vírus ou bactérias.
Esta ocorre principalmente na infância, com maior frequência em crianças com menos de 9 anos. Durante essa fase de vida a maioria das crianças têm pelo menos um episódio de amigdalite.
Embora menos frequente é também é comum nos adolescentes e adultos jovens.
A denominação de angina deriva do latim angere, que significa sufocar, esta denominação surgiu antes de existirem antibióticos e denota bem a gravidade dos desta doença e das suas complicações.


Quais são as causas das amigdalites?

A cavidade orofaríngea (boca e garganta), onde estão as amígdalas, não é estéril (sem a presença de bactérias, vírus e outros microrganismos). Lá vivem muitos microrganismos, nomeadamente bactérias que fazem parte do ambiente normal da orofaringe.
Mas quando existe fadiga, mudanças bruscas de temperatura ou o uso inapropriado de antibióticos pode levar à proliferação de qualquer um dos microrganismos existentes na orofaringe, ou a invasão de vírus e bactérias do meio exterior, pode levar a um desequilíbrio e desencadear uma infecção.
As amigdalites tanto podem ser causadas por vírus como por bactérias.
Como sabemos se é provocada por vírus ou por bactéria?
Quando a amigdalite é provocada por bactérias, ela pode ser facilmente identificada por apresentar pus, ou seja, pontos brancos, também conhecidos por placas. Nas amigdalites provocadas por vírus não apresenta as placas.
Quais são as condições que favorecem o aparecimento de amigdalites?
Más condições de habitação, presença de animal doméstico na residência, exposição ao fumo e apetite diminuído são possíveis factores que podem ajudar no desenvolvimento da amigdalite aguda ou na amigdalite de repetição.


O Que são amigdalites de repetição?

Considera-se amigdalite de repetição em crianças quando têm 6-7 episódios num ano, ou 4-5 amigdalites em cada ano de dois seguidos ou 3 em cada ano de três sucessivos.


Quais são os sintomas de uma amigdalite?

A amigdalite aguda manifesta-se por garganta inflamada (avermelhada e inchada) associada quase sempre a dor de garganta, nomeadamente ao engolir (por vezes mesmo com a saliva). Pode também existir dor de ouvido (dor reflectida da orofaringe), mau hálito e febre.
Se a amigdalite for causada por vírus, pode ocorrer corrimento pelo nariz, tosse e espirros; e as amígdalas apresentam-se inchadas e avermelhadas.
As amigdalites causadas por bactérias são caracterizadas pelo início súbito de dor de garganta (por vezes intensa), amígdalas inchadas, de cor avermelhada viva, que podem estar cobertas por pus (secreção amarelada ou branca-acinzentada), gânglios na parte de trás do pescoço aumentados e dolorosos, dor de cabeça e febre (acima de 38ºC), nas crianças podem haver dor abdominal, náuseas e vómitos.


Se não for tratada o que pode acontecer?

A amigdalite, se não tratada, pode trazer algumas complicações secundárias, como febre reumática ou "reumatismo no sangue" (doença que danifica o coração de forma grave, podendo também afectar outros órgãos e que ocorre nos casos de amigdalite bacteriana não tratada ou parcialmente tratada), surdez, problemas nos rins e no coração.
A amigdalite pode levar também a casos graves, inclusive de septicemia (infecção do sangue) e choque bacteriano.


Como se trata as amigdalites?

Existem dois tipos de tratamentos: Cirurgia e administração de antibióticos.
Os antibióticos estão indicados quando a infecção for de origem bacteriana, com os seguintes objectivos: prevenir as complicações (febre reumática, glomerulonefrite aguda e abcessos) e melhorar os sintomas. Uma vez iniciado o tratamento antibiótico é importante cumprir a posologia (vias de administração e horários) como foi prescrita pelo médico. Os antibióticos não são eficazes para as amigdalites provocadas por vírus, necessitando apenas de medicação para alívio dos sintomas, como antipiréticos (para baixar a febre) e analgésicos (para tirar as dores).
A remoção cirúrgica das amígdalas (amigdalectomia) está indicada em pessoas com infecções repetidas (amigdalites de repetição), principalmente se interferirem com a vida quotidiana da pessoa.


Porque não se retira as amígdalas para não ter mais amigdalites?

A retirada das amígdalas deixa o organismo desprotegido da sua ajuda, no combate às infecções, na medida em que elas são o primeiro escudo contra as bactérias, que querem invadir o organismo.
Pessoas sem amígdalas desenvolvem mais faringites (infecção da faringe), portanto, deve ser evitado ao máximo.


Acho que o meu filho tem uma amigdalite, o que devo fazer?

O desconforto causado pela amigdalite, principalmente em crianças, pode ser aliviado com o gargarejo de meio copo de água morna com uma pitada de sal dissolvido. Bebidas mornas, como chás (com ou sem mel) e sopas, assim como outros alimentos macios, se forem toleráveis, ajudam a criança a manter-se alimentada, apesar da dificuldade para engolir.
Mas o fundamental é a ida ao médico, para o diagnóstico correcto e a instituição de um tratamento adequado, idealmente dentro das 48 horas após o inicio dos sintomas.
Se for provocada por bactérias, após 48 horas do início do tratamento com o antibiótico a febre irá ceder.


E que posso fazer para prevenir que ele tenha uma amigdalite?

Prevenir a amigdalite é difícil, principalmente no que diz respeito às crianças, que ficam bastante próximas por muito tempo, o que facilita a transmissão de vírus e bactérias e a consequente contaminação.
Mas deve evitar ficar em ambiente com muito fumo de tabaco e outros fumos.
Água gelada, andar descalço, tomar chuva, não trazem a doença, mas podem produzir variações de temperatura, criando condições para a instalação de bactérias que podem provocar amigdalites.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://estudamost.forumeiros.com
 

Saúde - Amigdalite, quando a garganta sofre…

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
estudamos´t, o jornal online da Escola Secundária Miguel Torga ! ::  :: -